Pediatria Homeopática

Realizada pela nossa Médica Pediatra, com uma abordagem homeopática. A homeopatia é uma das terapias complementares, baseada num sistema de cura natural, muito utilizado e crianças, para tratar diversos problemas de saúde: problemas dermatológicos, problemas respiratórios, desordens emocionais, entre outros, com o objetivo da restauração da saúde.

Terapia Miofascial

A Indução Miofascial é um conceito de tratamento da disfunção miofascial, tridimensional, que atua em diferentes níveis de movimentos em todo o sistema fascial procurando eliminar as suas restrições e equilibrar a sua alterada função corporal.

Este tratamento tem como principal objetivo um rápido e completo restabelecimento da homeostasia corporal, e pode definir-se como uma combinação de pressões ligeiras mantidas, de posicionamentos específicos e estiramentos muito suaves.

A fascia corporal é uma forma de tecido conjuntivo constituída por uma rede ininterrupta que envolve todas as estruturas somáticas e viscerais, permitindo mantê-las na sua correta posição e funcionamento. Este tecido de sustentação formado por fibras conjuntivas, elásticas e células, forma o tecido mais extenso do organismo. Cada músculo, cada fibra muscular e cada feixe estão também rodeados pela fascia, que fornece suporte, participa no movimento corporal e determina a forma dos componentes orgânicos.

Constelações Familiares

As Constelações Familiares são uma inovadora abordagem de raiz psicoterapêutica e energético-espiritual. Promovem a identificação das Ordens do Amor, pondo em evidência os profundos laços que unem uma pessoa à sua família, inclusive às gerações mais longínquas. Estes laços são de tal maneira poderosos que, quando membros de uma dada geração deixam situações por resolver, membros das gerações posteriores sentir-se-ão irresistivelmente empurrados para a sua resolução, permanecendo prisioneiros de algo que não são responsáveis.

Esta transmissão transgeracional dos problemas familiares cria uma cadeia de destinos trágicos. No entanto, este Amor capaz de criar sofrimento, é o mesmo que traz consigo a sabedoria da solução, que emerge no decurso da configuração de uma Constelação Familiar.

Hipnose Clínica

A Hipnose Clínica é um procedimento no qual o Psicólogo pode sugerir ao paciente mudanças de sensações, perceções, pensamentos ou comportamentos.

No geral, as pessoas respondem a este procedimento de maneiras diferentes. Algumas descrevem a sua experiência como um estado alterado de consciência, outras descrevem a hipnose como um estado de atenção focalizada no qual se sentem calmas e relaxadas. Algumas pessoas podem ser consideradas mais suscetíveis às sugestões hipnóticas do que outras.

A capacidade de experienciar sugestões hipnóticas pode ser inibida por medos e preocupações derivados de mal-entendidos sobre a hipnose. Contrariamente ao que se imagina, o processo hipnótico não priva o paciente do controlo do seu comportamento. As pessoas permanecem conscientes sobre quem são, onde estão e na maioria das vezes, conseguem recordar-se de toda a sessão.

A hipnose clínica pode ser usada no tratamento da dor, depressão, ansiedade, stress, bem como no tratamento de outros problemas psicológicos e médicos.

Osteopatia

A Osteopatia é uma técnica manual que consiste na utilização de técnicas de mobilização e manipulação articular, bem como de tecidos moles procurando desbloquear as restrições de mobilidade que possam existir nos músculos, esqueleto, articulações, mas também dos órgãos internos e da parte sacrocraniana (do crânio ao osso sacro, no fim da coluna).

O seu campo de tratamento é bastante amplo podendo tratar as doenças mais frequentes, nomeadamente ciáticas, lombalgias, cervicalgias, escolioses, hérnias discais e torcicolos, síndromes do túnel cárpico, tensões ou contraturas musculares.

Pode ajudar a resolver enxaquecas, problemas digestivos, insónias, problemas respiratórios ou outros. Não interessa ao osteopata apenas a eliminação do sintoma, mas sim a causa do sintoma para poder eliminar o problema e obter a cura do paciente.

Medicina Tradicional Chinesa

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é a denominação usualmente dada ao conjunto de práticas de Medicina Tradicional em uso na China, desenvolvidas ao longo dos milhares de anos da sua história.

Atualmente são oito os principais métodos de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa: Fitoterapia chinesa (fármacos), Acupunctura, TuiNa (massagem e osteopatia chinesa), Dietoterapia (terapia alimentar chinesa), Auriculoterapia (tratamento pela orelha), Moxabustão, Ventosaterapia

Naturopatia

Naturopatia é a medicina baseado no poder de cura da natureza. Naturopatia é um sistema holístico, ou seja, os naturopatas têm como objetivo encontrar a causa da doença pela compreensão do corpo, mente e espírito da pessoa.

Há duas áreas de foco em naturopatia: uma é apoiar as habilidades de cura do corpo próprio, e o outro é capacitar as pessoas para fazer mudanças de estilo de vida necessárias para a melhor saúde possível. Enquanto os naturopatas tratam através de sessões curtas da doença e condições crónicas, o seu destaque é na prevenção da doença e educar pacientes.

Iridologia

A iridologia é uma ciência de diagnóstico da Naturopatia na qual se estuda a relação que existe entres as diferentes marcas observadas na íris com as alterações que ocorrem no organismo.

Problemas do sistema digestivo como intolerâncias alimentares, gastrites e obstipação, distúrbios do sono e do foro psíquico como a depressão, a ansiedade e doenças crónicas como a diabetes são alguns dos distúrbios e patologias mais comuns, que podem ser tratados com a ajuda deste método de diagnóstico.

Medicina Homeopática

Homeopatia é uma medicina que se baseia no princípio similia similibus curantur (semelhante pelo semelhante se cura), ou seja, o tratamento dá-se a partir da diluição e dinamização da mesma substância que produz o sintoma num indivíduo saudável.

A Medicina homeopática reconhece os sintomas como uma reação contra a doença. A doença é uma perturbação da energia vital e a homeopatia provoca o restabelecimento do equilíbrio.

O tratamento homeopático consiste em fornecer a um paciente sintomático doses extremamente diluídas de compostos que são tidos como causas em pessoas saudáveis dos sintomas que pretendem contrariar, mas supostamente potencializados através de técnicas de diluição, dinamização e sucussão que liberariam energia.

Deste modo, o sistema de cura natural da pessoa é estimulado a estabelecer uma reação de restauração da saúde pelas suas próprias forças, de dentro para fora.